3 passos para fazer a sangria do seu arquivo

Compartilhe:

A atenção aos mínimos detalhes na produção gráfica é essencial para entregar um material de qualidade e que chame a atenção do seu consumidor. E quando falamos de detalhes, a sangria pode se tornar uma etapa essencial do trabalho e oferecer um acabamento especial ao produto. Isso se traduz não só em qualidade, mas também em credibilidade para a sua empresa já que a marca de corte tem um papel extremamente importante.

Quando falamos de sangria, estamos falando sobre o corte ou refilamento do material gráfico. O impresso – que pode ser um cartaz, poster, cartão de visitas ou qualquer outro material – depois de pronto passará pelo processo de refilamento para atingir o tamanho ideal. Porém, é comum que, mesmo que configurado da maneira certa e respeitando as margens no momento da impressão, haja uma variação no tamanho de alguns milímetros e é aí que a sangria entra em ação.

Nesta parte, estamos retirando os excessos da imagem sob o papel ou material.

Por que realizar a sangria?

É com a sangria que garantimos que o material não contará com imperfeições e mais importante que isso, garantimos que o trabalho mantenha um padrão profissional de finalização e detalhamento. Sem isso, muitas vezes o produto final pode passar a ideia de um projeto amador e sem cuidado.

Como fazer?

Antes de tudo é preciso entender que sangria NÃO É margem de segurança. A margem por sua vez deve ser considerada dentro dos limites de corte, enquanto a sangria, será realizada quando o material ultrapassar a área impressa. Quando o material estiver impresso, o refilamento acontecerá de acordo com o tamanho do cliente já programado na impressão e o que estiver fora do padrão levando em consideração as bordas será retirado a partir da sangria.

Dito isso, primeiro é importante definir a medida da sangria que normalmente varia entre 3mm e 5mm em cada lado do arquivo dentro do programa de edição da arte/design do material que será produzido.

Em seguida, você deve fechar o arquivo com as marcas de corte que muitas vezes estará padronizada no seu editor.

Por fim, qualquer elemento que faça contato ou esteja nas bordas do material impresso será sangrado levando em consideração os 3 ou 5mm estipulados para a sangria.

Somos referência no mercado gráfico. Conheça mais sobre os nossos serviços e se surpreenda com os resultados das nossas soluções gráficas. Aproveite e acompanhe nossas redes sociais e fique por dentro de tudo que fazemos em uma indústria gráfica.

Deixe um comentário